5 maus hábitos que agridem sua pele

Já pensou atenção no movimento que você faz na hora de secar o rosto? E no local que você deixa seus pincéis depois da lavagem? Tudo isso reflete - e muito - na sua beleza!
cuidados com a pele

Pele bonita precisa ser bem cuidada! Veja coisas que estragem sua pele e você nem sabia. Foto: iStock_Kazzakova

Hábitos são difíceis de serem mudados, mas não impossíveis! Existem certas formas de negligenciar a beleza da pele que podem ser evitadas hoje para evitar problemas futuros. Saiba aqui como fugir da flacidez, espinhas e até doenças de pele a partir de pequenas mudanças de hábito.


1) Ficar de mau humor

As linhas de expressão também se formam quando você está triste, sabia? "Estar infeliz cria uma postura facial errada, ou seja, lábios contraídos, e músculos faciais tensos", diz o dermatologista nova iorquino Doris Day.

Para evitar que o rosto se acostume com essas expressões mais fortes é necessário fazer uma espécie de ginástica facial. "Tente mover para cima e para baixo os músculos do seu rosto sem tocar neles. Mesmo se você não conseguir, até mesmo tentar ajuda", recomenda o profissional.

2) Não usar óleos essenciais no rosto

Isso pode até parecer loucura, principalmente se você tiver uma pele oleosa. Mas o que quase ninguém sabe é que usar óleos essenciais na pele ajuda a diminuir a oleosidade natural da derme! Não acredita?

Aqui vão as explicações: limpar a pele demais estimula as glândulas sebáceas a produzir ainda mais óleo - o que resulta em espinhas. Em contrapartida quando hidratamos a pele com óleos essenciais a produção de sebo cai consideravelmente. Tudo isso sem obstruir os poros por conta da estrutura molecular dos óleos essenciais, que é bem menor do que do sebo natural. Esse tipo de óleo é antibacteriano e antifúngico, pode usar sem medo, viu?

3) Não deixar os pincéis de maquiagem respirar

Todas nós sabemos o que acontece quando os pincéis de maquiagem estão sujos. Você pode desenvolver infecções e até doenças de pele. Mas sabia que além de lava-los regularmente você deve deixa-los secar em lugar fresco e arejado? Isso previne o aparecimento de fungos entre as cedas.

4) Tratar a acne de adulto como acne de adolescência

Não é porque você está na idade adulta que precisa tratar suas espinhas da mesma forma que os adolescentes tratam. Além de apostar em diferentes tipos de pomadas e soluções, é necessário parar de espremer. As espinhas da adolescência são ocasionadas pela puberdade e pelas mudanças hormonais. Já as da vida adulta surgem com o estresse, a má alimentação e maior sensibilidade da pele.

5) Enxugar a pele puxando para baixo

Se você seca seu rosto puxando a pele para baixo, pare com este hábito desde já! é importante não dar esta "ajudinha" à gravidade para evitar rugas, flacidez e linhas de expressão. Use toalhas macias e nunca passe mais de 2 dias com a mesma toalha.

Por Thamirys Teixeira

Comente