Maquiagem nos olhos - cuidado com a alergia

Maquiagem de olho  cuidado com alergia

Para as mulheres que não conseguem abrir mão do uso da maquiagem no seu dia a dia é bom prestar atenção. A falta de cuidado pode trazer consequências desastrosas. Uma das regiões que mais sofrem com o uso contínuo de cosméticos são os olhos que vira e mexe lacrimejam, coçam e até ficam irritados por alguns dias. No entanto, esses pequenos desconfortos são sinais de que alguma coisa está errada.

Se você é uma das que não dá muita bola para os olhos irritadiços e corre para pingar o primeiro colírio que vê pela frente, saiba que é bastante comum os oftalmologistas receberem nos consultórios pacientes com alergias e contaminação das córneas provocadas pelo mau uso de maquiagem. "Os olhos ficam vulneráveis nessa época por causa do excesso de maquiagem e brilho que compõem os visuais carnavalescos", diz Rachel Gomes, oftalmologista do H.Olhos - Hospital de Olhos Paulista.

Outro problema frequente é o uso de maquiagens vencidas e compartilhamento com amigas. "Os cuidados com o uso, qualidade e a procedência desses itens são indispensáveis para que os olhos não sejam prejudicados", explica a médica completando que o essencial para manter a saúde dos olhos entre mulheres que têm o hábito de se maquiar é fazer a remoção cuidadosa toda noite. "Mesmo cansada, não é recomendável dormir maquiada para evitar o risco de que o cosmético irrite os olhos".

Independente do tipo de produto aplicado na remoção, os movimentos devem ser feitos sempre em direção ao nariz. Isso porque movimentos no sentido contrário podem abrir a pálpebra inferior do globo ocular, facilitando a penetração de impurezas nos olhos. Ainda de acordo com a médica, é importante ressaltar que os cosméticos e pincéis não devem ser compartilhados entre diferentes pessoas. "Há doenças contagiosas da superfície ocular e pálpebras que podem ser transmitidas dessa forma. Se possível, quando for a um salão, leve os seus pincéis e lápis", aconselha.

Já para quem usa lente de contato, a dica é colocá-las depois de terminar a maquiagem, pois isso diminui os riscos de contaminação. Além disso, deve-se evitar passar maquiagem na parte interna dos olhos. O produto deve ser usado dos cílios para fora. Ao final, é importante lavar pincéis e esponjas. Se houver irritação ou coceira na área dos olhos, deve se suspender o uso da maquiagem e procurar um oftalmologista.

leia também


Os problemas mais comuns decorrentes do mau uso de cosméticos são olho seco, alergia, inflamação, irritação e contaminação da conjuntiva ou córnea. Visão embaçada, vermelhidão, coceira, sensação de areia nos olhos, lacrimejamento, fotofobia, inchaço das pálpebras e secreção são os sinais de alerta que indicam a necessidade de consulta imediata.

Por Paula Perdiz

Comente

Assuntos relacionados: rosto alergia olho vila batom maquiagem olhos