Errinhos de maquiagem

Errinhos de maquiagem

Pincéis de qualidade e bons produtos são indispensáveis para você acertar no make. Mesmo assim alguns errinhos que a gente costuma fazer em frente ao espelho são fatais para que a maquiagem não ressalte ou esconda o que você quer. O Vila Batom lista os alguns pecados capitais para você não errar da próxima vez.

Base: sempre teste na própria pele antes de comprar a sua, não vale colocar o produto na mão. Se não sumir ou não marcar a pele, está liberado. "Após lavar o rosto, o primeiro passo é utilizar uma base, de preferência líquida e fluida, cuidando para não deixar o rosto pesado. O ideal é passar com uma esponjinha, pois com os dedos pode pesar", explica o maquiador Djan Marinho. Conforme o maquiador Marcos Costa, para quem tem pele mista e oleosa, o próximo passo é aplicar uma leve camada de pó compacto para tirar o brilho. "A preparação da pele é fundamental para uma boa maquiagem, além de ajudar a conservar o make", diz.

Corretivo: nesta hora é bastante comum abusar do corretivo nas olheiras, deixando a região mais esbranquiçada que o restante do rosto. Cuidado! Ele deve ser aplicado em pequenas quantidades, escolha aqueles com apenas um tom mais claro que a sua pele. O correto é apenas dar suaves batidinhas com os dedos de baixo para cima, próximo aos cílios.

Sombra: muita gente costuma usar apenas uma cor, na pálpebra superior, o que não ressalta o olhar, pelo contrário. Dessa forma, quando você for usar uma sombra escura sempre esfume com uma mais clara por cima, bege, por exemplo, e não esqueça de puxá-la para os cantinhos externos, sempre para cima. "Aplique uma sombra marrom em toda pálpebra móvel esfumando bem. Em seguida, faça um traço com uma sombra azul rente aos cílios inferiores na parte externa, espalhando com pincel chanfrado como se fosse um delineador. Ilumine o olhar com uma sombra mais clara, que pode ser um pérola ou um rosa claro, próximo à sobrancelha. Para completar o make dos olhos, aplique um delineador preto rente aos cílios superiores", sugere Costa. Lembrando que não se deve usar o lápis na região interna dos olhos, o traçado nessa região reduz o olhar. E na hora de usar o delineador é pior se puxar a pálpebra para pintar, pois você corre o risco de deixar o traçado com aspecto rachado.

Máscara: para não deixar o efeito "pata de aranha", quando os cílios ficam grudados, sempre use uma escovinha e não se esqueça de passar a máscara desde a raiz, sempre tirando o excesso.

Blush: o famoso aspecto de palhaço é bastante comum por conta de muita gente ainda usar o blush bolinha, no meio das maçãs do rosto. "Opte por um blush um tom acima da pele. O truque é dar um leve sorriso para realçar o local em que o produto deve ser passado. Dose a quantidade no dorso da mão e, para não exagerar, aplique aos poucos", detalha Costa. O blush é apenas para dar um aspecto de saudável, portanto, deve ser aplicado na direção das têmporas, aquele ossinho que fica abaixo dos olhos. Se o seu rosto é oval, o blush por ser mais caprichado nas maçãs, e os redondos permitem uma aplicação na direção da boca.


Batom: o principal erro acontece na hora de usar um contorno labial, que marca o formato da boca e faz com que o batom dure mais. Os dois devem ter a mesma tonalidade.

Por Juliana Lopes

Comente