Blush: como aplicá-lo para não errar

Blush como aplicálo para não errar

Toda maquiagem, se usada corretamente, valoriza o que você tem de melhor. Mas, o blush além de valorizar o contorno e formato também da um ‘ar’ de saúde ao rosto, além de ser o toque final para uma make perfeita. Só que é importante saber que tipo de blush usar.

Na próxima estação os tons de blush serão mais suaves, olhos nude e um bocão vermelho bem destacado. Por isso, cuidado na hora de escolher o tom, além de não pesar a mão para não carregar na cor. Cores harmoniosas e bem naturais são a pedida certa para não errar.

Com um pincel e um blush você pode fazer milagres. Com essa dupla você é capaz de produzir três looks: o saudável, com bochechas rosadinhas; o romântico, bem discreto e natural; e o fashion, que você pode aplicar com uma cor mais terra, em diagonal, além de apostar no iluminador para a noite.

No entanto, o fator mais importante é a forma de aplicar o blush, pois mais importante do que as tendências é você respeitar o formato do seu rosto.

Para quem tem um rosto ovalado, mais largo na altura das bochechas do que no queixo, o ideal é aplicar o blush com movimentos circulares e levemente ascendentes, apenas nas maçãs do rosto.

Já quem tem um rosto triangular, com o queixo bem fininho, a aplicação deve ser feita nas laterais do rosto e parte baixa das maçãs, os movimentos também devem ser ascendentes. Ou seja, da parte baixa das maças em direção as laterais.

Os rostos redondos possuem as bochechas naturalmente salientes, por isso, use um movimento leve em diagonal e também na parte mais alta das maçãs para deixar o seu rosto mais afinado.

Se o seu rosto é mais quadrado, com o maxilar bem marcado, aplique o blush nas laterais do rosto, afinando os contornos. O pincel deve ficar mais aberto na região abaixo do osso da sua bochecha e os movimentos não devem vir para as maçãs do rosto.

Por Paula Perdiz

Comente

Assuntos relacionados: rosto blush formato de rosto vila batom