As releituras de make no 4º dia de SPFW

As releituras de make no 4º dia de SPFW

FH por Fause Haten - Foto: Agência Fotosite

Com referência nas maquiagens do passado, principalmente entre os anos 60 e 90, a passarela do quarto dia desfile da São Paulo Fashion Week foi invadida por uma beleza nostálgica e totalmente real. Ou seja, podem ser facilmente usadas nas ruas.

Para quem adora um visual sessentinha, a beleza da Cavalera, assinada por Robert Estevão, apostou na beleza das divas do Jazz e trouxe os cabelos super armados e delineados bem marcados com um traço bem inclinado e poderoso para completar o look. Apear de bastante chamativo, o look não é difícil de ser reproduzido em casa, basta apostar nos bumpits para fazer o voluminho na parte frontal do cabelo e para os olhos recorrer ao bom e velho truque do esparadrapo no canto dos olhos para guiar na hora de passar o delineador. Com bocas pálidas e levemente coradas nas bordas, os lábios foram corrigidos com uma gotinha de corretivo e o batom laranjinha aplicado com leves batidinhas para ficar com uma ‘cara’ bem natural.

Assinada por Cayo Lanza, do Studio W, a beleza de Jefferson Kulig seguiu um look a tendência mostrada nos desfiles da temporada de inverno e investe em uma maquiagem natural, levemente iluminado. O destaque do look fica por conta das sobrancelha bem marcadas que dão peso à aparência quase frágil do visual. Sem blush ou batom, o maquiador apostou em uma pele bem corrigida, iluminada apenas no centro do rosto. Nos olhos curvex e mascara para abrir o olhar e nas bocas um rosa bem levinho.

O maquiador Ricardo dos Anjos buscou referências nas belezas dos filmes de Elvis Presley, trazendo para a passarela o exagero em forma de bom senso. Ou melhor, combinou itens ‘exagerados’ evitados pela maioria, mas que combinados de forma harmônica deixam qualquer mulher linda. Para quem não abre mão da maquiagem, o look apresentado pela marca FH por Fause Haten fica lindo para compor o visual noite.

Gostou da maquiagem e quer copiar? A sombra esfumada feita com dois pigmentos da MAC, o "Chocolate Brown", um bronze metalizado, aplicado em toda a pálpebra móvel e parte inferior da linha d’água, já a sombra "Embark" foi usada apenas nos cantos externos. Para finalizar a make dos olhos, generosas camadas de rímel e olhos com contorno completo feito com o auxílio do lápis preto. O gran finale da produção ficou a cargo dos lábios em tom bordô, que deixaram as fãs de maquiagem loucas para desfilar com o bocão colorido por aí. Para conquistar a cor, o maquiador usou dois batons também da M.A.C, o Smoked Purple aplicado como base com ajuda de um pincel e, em seguida, o Rebel, misturando-os até atingir a tonalidade ideal para a sua pele.

Henrique Martins assina a beleza de Juliana Jabour e também se inspira nos looks dos anos 60, mas com uma pegada mais romântica e jovial. Com destaque para os olhos abertos de boneca, a marca apostou nas sobrancelhas apagadas, pele pálida e boca rosada. Os itens que dão charme ao look fica por conta dos cílios postiços que deixam os olhos mais sensuais e o topete lateral com voluminho, que você pode ser feito em casa até pelas mulhere que acham que não dominam a arte de fazer penteados bem feitos. Capriche no spray para cabelo e com o auxílio de um pente fino penteie o cabelo contra a direção do fio para poder modelar a madeixa.


Com pele natural e bocão arrasador, a Colcci, que teve sua beleza assinada por Robert Estevão trouxe para s passarela um batom vermelho sangue bem aberto que deu charme e elegância ao look. Nos olhos apenas máscara para cílios. Já os cabelos vieram com um tom de despojamento e apareceram presos em coques desestruturados, ideal para o dia a dia.

Por Paula Perdiz

Comente