Zeltiq - aparelho no combate a gordura localizada

Novidade para combater a gordura localizada

Não há como negar, nós adoramos uma novidade. Quando a inovação é para realçar a nossa beleza, gostamos ainda mais. E para anunciar o que há de mais moderno sobre este assunto, importantes nomes da Dermatologia se reuniram em Miami, Estados Unidos, no Congresso Americano de Dermatologia. Algumas inovações apresentadas já chegaram ao Brasil. Há notícias para o combate às manchas de pele e as gordurinhas localizadas.

O Dr. Jardis Volpe esteve no Congresso e garante que a grande novidade é o aparelho para combater a gordura, chamado de Zeltiq. "O método consiste em congelar as células de gordura durante uma hora, e com isso, promover, a partir do terceiro dia, uma reação que desencadeará a morte dessas células", explica o especialista. O aparelho fica ligado ao paciente, na região em que se deseja "queimar" as gordurinhas, que geralmente são abdômen e flancos.

"A partir do terceiro dia, uma enzima chamada caspase entra em ação e desencadeia um processo chamado apoptose, ou morte celular, das células de gordura, por conta da ação do resfriamento", afirma Dr Volpe. Segundo o dermatologista, a técnica não é dolorosa, apenas causa uma sensação de resfriamento. Para obter os resultados desejados são necessárias cerca de quatro sessões, realizadas mensalmente. Os resultados das pesquisas apontam uma média de 22% de gordura eliminada. "O método não traz efeitos colaterais ou riscos à saúde", assegura o médico.

Melasmas

Manchas na pele também costumam deixar qualquer mulher de cabelos em pé. A luz é uma das maiores inimigas da pele, principalmente os raios solares. Há também as manchas melasma, que aparecem durante a gestação, e pioram com o calor. Para amenizá-las, Dr. Volpe explica o tratamento: "A técnica de infusão dérmica de substâncias com o aparelho Impact é uma grande novidade, porque faz com que esses produtos cheguem à profundidade da pele com ação específica no local tratado, para aumentar o efeito clareador".

O Impact provoca microfuros na pele, por meio de um laser fracionado, assim o produto penetra com mais facilidade e chega à camada mais profunda da pele. "A primeira etapa desse processo (o laser fracionado) pode gerar algum desconforto, por isso recomendamos o uso de anestésicos tópicos antes da aplicação", sugere o dermatologista.

Antes de buscar qualquer um dos tratamentos procure um dermatologista de sua confiança, faça um check-up e aproveite todas essas maravilhas.

Por Bianca de Souza (MBPress)

Comente