Xô, axilas escuras!

Livre-se de vez das axilas escuras e liberte-se neste verão
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Xô axilas escuras

Foto: I Love Images/Corbis

É fato que as axilas ficam mais em evidência no verão, quando os casacos e jaquetas dão lugar às regatinhas e blusinhas mais cavadas. E não há nada pior do que escondê-las por conta das manchas escuras que fazem questão de chamar a atenção. Tanto que uma pesquisa revelou que ¼ das mulheres brasileiras sofrem com as axilas manchadas.

A genética, pasmem, é uma das grandes vilãs do seu incômodo, seguida das mulheres com pele morena, portadoras de diabetes e pessoas obesas, que podem ocasionar manchas em dobras de pele. Outras causas aparecem por conta do atrito natural da pele, a falta de hidratação, suor, manchas de sol, produtos com álcool, certos tecidos e até ganho de peso.

Os quilinhos a mais na balança, especialmente nas grávidas, elevam as manchas na pele nessa região. Dermatologistas explicam que na gestação os hormônios provocam aumento da pigmentação, que pode escurecer algumas partes do corpo, como axilas, virilha e linha do abdômen.

Como evitá-las?

Se você é do tipo que se convence com receitinhas milagrosas que encontra na internet, tome cuidado. Como as axilas são uma região sensível do corpo, produtos e ingredientes sem procedências podem causar efeitos contrários e alergias. Fórmulas à base de limão podem promover queimaduras na pele e hiperpigmentação, aumento de pigmentação da pele.

Outra dica é não deixar a pele úmida por muito tempo e preferir as roupas de algodão que facilitam a transpiração. O método como você se depila também favorece o escurecimento da pele. Quem costuma usar a lâmina deve pelo menos alternar os dias de aplicação e esfoliar a região uma vez por semana.

Já as adeptas da depilação com cera devem ficar longe da exposição ao sol depois de retirar os pelos, porque a cera depilatória tira uma camada natural protetora, deixando a pele mais exposta e vulnerável.

Minimize o problema

Uma alternativa para se livrar de vez das manchas escuras nas axilas é investir em tratamentos clínicos com cremes despigmentantes e que contém substâncias clareadoras, como o complexo vegetal skin whitening complex, o ácido azelaico e a hidroquinona.

Outro método bastante recomendável é a realização de depilação com laser de diodo, com comprimento de onda de 810 nm, que, além de eliminar definitivamente os pelos, por conta de sua afinidade com a melanina, promove um efeito clareador secundário.


Agora se nenhuma dessas técnicas resolverem o problema, a atitude certa é procurar um dermatologista para que ele indique o tratamento clareador adequado para sua pele. Nunca tente fazer clareamentos caseiros, pois a reação do produto com a pele pode ser prejudicial à sua saúde e à beleza da sua pele, gerando resultando contrário ao desejado.

Aprenda a cuidar das axilas e manter a pele da região sempre linda! A blogueira Juliana Goes, a convite da Dove e do portal VilaMulher, bateu um papo com a dermatologista Irina Afonso para tirar todas as suas dúvidas. Confira!

Por Natália Farah

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente