Tratamentos para manchas das mãos

Tratamentos para manchas das mãos

É comum ouvirmos falar sobre tratamentos estéticos para o rosto, e, em tempos de verão, daqueles que deixam o corpo em dia. Mas pouco se ouve sobre cuidados com as mãos. Muita gente só presta atenção nelas quando começam a aparecer incômodas manchas brancas ou marrons. O problema é que pode ser tarde. Além de sinalizar envelhecimento - em geral, a partir dos quarenta anos de idade -, as marcas podem ser causadas por outros males.

"Algumas doenças, como alterações de tireóide, diabetes, anemias e o uso de medicações podem ocasionar lesões cutâneas, e é necessário o tratamento da doença de base para que a causa do problema de pele seja solucionada ou controlada", alerta Tatiane Curi, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, regional São Paulo (SBD-SP). "Assim, é imprescindível consultar um médico especialista ao surgirem sintomas", completa.

Enquanto as manchas que aparecem devido a doenças devem ser tratadas por um dermatologista de confiança, aquelas que denunciam a idade podem ser prevenidas ao longo da vida, assim como flacidez, ressecamento cutâneo e degeneração do tecido epitelial.

De acordo com Tatiane, "a melhor forma de prevenir o envelhecimento do dorso das mãos é o uso constante de filtro solar no local, associado a uma alimentação equilibrada, hidratação da pele e cuidados para não haver exposição a agentes irritantes externos."

Para tratar os sinais do tempo nas mãos, há várias opções que podem ser combinadas, inclusive, produzindo um resultado melhor. Sessões de peeling, aplicação de luz intensa pulsada, radiofrequência ou infravermelho, e o uso de ácido poliláctico ou hialurônico são uma boa pedida para estimular a produção de colágeno, proporcionar maior hidratação da pele, melhorar e tratar a textura do local, corrigindo assim pequenas imperfeições.

Técnicas avançadas também podem ser aplicadas com sucesso. Dentre elas, as novidades são aparelhos de radiofreqüência tripolar, laser fracionado e luz intensa pulsada.


Preenchedores e estimuladores de colágeno injetáveis potencializam os resultados dos tratamentos. "Cada vez mais seguros, sua durabilidade está aumentando, sendo possível tratar áreas corporais mais específicas, como é o caso das mãos", afirma a dermatologista. "Com essas técnicas e a prevenção constante é possível evitar a reincidência de lesões e do envelhecimento da pele das mãos, região onde cirurgias plásticas são pouco eficazes", finaliza.

Por Priscilla Nery (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: mãos peeling