Tire suas dúvidas sobre colágeno

colágeno

Foto: © Westend61/Corbis

O colágeno é a proteína mais abundante do nosso corpo e, entre tantas funções, oferece sustentação dos tecidos, olhos, cartilagens do nosso corpo. Ele é responsável por diversos benefícios como aumentar a elasticidade da pele, fortalecer cabelos e unhas e, inclusive, combater o envelhecimento. Ele diminui a incidência das coisas mais indesejáveis entre as mulheres: rugas, linhas de expressão, estrias, flacidez e celulite. Já se convenceu de que o colágeno é mesmo tudo de bom?

A partir dos 30 anos há uma queda gradual no processo de produção de colágeno. Além do processo natural de envelhecimento, maus hábitos podem aumentar consideravelmente a perda de colágeno: exposição ao sol sem a devida proteção, consumo excessivo de cafeína, tabagismo, estresse e dietas de valor calórico extremamente baixo. A consequência disso? Flacidez, rugas, perda dos cabelos, unhas fracas e problemas nas articulações.

A melhor forma de repor a substância de forma natural é através de uma alimentação rica do nutriente ou de suplementos.

Na alimentação, as melhores fontes de colágeno estão presentes em alimentos de origem animal, especialmente peixes, carne vermelha e frango. Também pode ser encontrado em ovos, queijo minas e queijo cottage, por exemplo. Vale lembrar que para o colágeno ser sintetizado pelo organismo é importante que se tenha também o consumo de fontes de vitamina C principalmente, mas também de vitamina E, selênio e zinco. Por isso, a alimentação rica em frutas - acerola, caju, laranja, limão, abacaxi, e também oleaginosas, tais como avelã, amêndoas, castanha-do-Pará, devem também ser incluídas diariamente nas refeições.

Colágeno hidrolisado

Como forma de suplementação a pedida é o colágeno hidrolisado, que é melhor absorvido pelo organismo. O colágeno hidrolisado pode ser encontrado na forma líquida, em cápsula ou pó. Antes de escolher a suplementação, no entanto, é necessário antes procurar orientação médica, pois ingerido em excesso, pode fazer mal à saúde, dando sobrecarga renal, hepática e retenção de líquidos, por exemplo.


A versão mais indicada é a em pó, já que as cápsulas não comportam a quantidade de colágeno recomendada por dia, isto é, 10 gramas. Seria preciso ingerir cerca de 20 cápsulas para alcançar a recomendação diária. Já na versão em pó, basta uma colher das de sobremesa.

Ele pode ser misturado em água, sucos ou vitaminas. O ideal é consumir o produto de 30 a 60 minutos antes do almoço ou jantar, já que ele estimula o mecanismo de saciedade, o que leva a comer menos na refeição a seguir. Veja algumas opções no mercado:

Por Jessica Moraes

Comente