Pesquisa revela cuidados dos brasileiros com mãos e pés

Pesquisa revela cuidados dos brasileiros com mãos

Ter unhas bonitas e bem tratadas está na moda. Pelo menos foi isso que constatou uma pesquisa inédita, realizada pelo Instituto TNS e a empresa Mundial Impala. Um grupo de 600 consumidores de todas as classes sociais e residentes nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, Curitiba e Porto Alegre foram ouvidos.

O resultado mostrou que os cuidados com as mãos e pés, especialmente com as unhas, estão cada vez mais presentes na vida dos brasileiros. "Com a pesquisa, tivemos a confirmação de que esse mercado vem crescendo, e a tendência é crescer ainda mais", afirma Luciana Laurito, gerente de marketing da Mundial Impala pra área de Personal Care.

Isso foi comprovado em números. Segundo o estudo, 56% das mulheres em nosso país fazem as unhas toda semana, e 86% pintam as unhas pelo menos a cada sete dias - sendo que 14% delas já usam esmalte duas vezes por semana. Além disso, a mulherada não fica mais de dois dias sem uma cor nas garras. Então, não é à toa que o segmento de esmaltes tenha crescido mais de 30% só em 2010.

Mas um ponto fundamental para a conquista de novos consumidores foi uma estratégia diferenciada. "Inovação é a chave. Hoje, as indústrias de cosméticos estimulam o consumo, trazendo novidades focadas não só em necessidades básicas dos clientes como também no design dos produtos", diz Luciana.

E, como era de se esperar, as novidades atraíram pessoas mais jovens - de 16 a 19 anos. 25% das mocinhas preferem cores inusitadas, como azul, verde e amarelo. Mais do que isso, para elas, o esmalte já virou um acessório, parte importante do look. 40% combinam a cor das unhas com as roupas que estão usando e 29% passam esmalte duas vezes por semana.

No entanto, não foram só as mulheres que apareceram na pesquisa. Os homens também estão entrando na onda de cuidados com as mãos e os pés: 35% deles fazem as unhas no mínimo a cada 15 dias, 20% passam cremes nos pés todo dia, 28% afirmam lixar a sola dos pés e - pasme - 14% dos rapazes aplicam até esfoliante.


Agora, quando o assunto é saúde, ainda falta informação para algumas pessoas. 92% dos entrevistados possuem alicates próprios, mas apenas 30% deles levam esses itens para a manicure - o que poderia evitar a contaminação com doenças como a AIDS, transmitidas pelo contato com sangue de um portador, quando o alicate não foi devidamente esterilizado. Aliás, embora 70% dos brasileiros saibam como acontece a higienização - por meio de altas temperaturas -, 29% ainda confiam em métodos ineficientes, como álcool e 70% em acetona.

Por Priscilla Nery (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: corpo batom manicure