Pelos nunca mais

Pelos nunca mais

Há alguns anos a depilação a laser vem “salvando a vida” de muitas mulheres. Porém, ficar livre dos pelos era privilégio somente das branquinhas, já que mulheres negras, morenas e bronzeadas ainda não podiam fazer uso do tratamento porque havia risco da pele ficar manchada.

Agora já existem tratamentos a laser que podem ser utilizados por qualquer mulher. A dermatologista Dra. Renata Brandão, explica que alguns lasers já contam com dispositivo de resfriamento dinâmico que protege a pele do calor antes, durante e depois de cada disparo. “A pele escura precisa ter a sua superfície mais protegida, intensificando-se o resfriamento e aumentando o intervalo entre os disparos do laser, para que ela tenha tempo de recuperar-se sem sofrer danos.”

Com essas novidades todas as mulheres podem se libertar dos pelos, mas assim como as técnicas antigas é necessário tomar alguns cuidados durante o tratamento que pode ser feito em qualquer área do corpo, em seis sessões, em média.

A dermatologista explica que deve-se evitar o sol duas semanas antes do tratamento e uma semana após. “Isto não quer dizer que a paciente não poderá ir à praia. Basta apenas aplicar corretamente o filtro solar prescrito pela dermatologista na avaliação inicial e reaplicá-lo a cada três horas ao ir para a água.”

Como o tratamento leva algumas sessões, as mulheres acabam tendo que se depilar utilizando métodos comuns neste período. “É importante que não seja realizada depilação com cera ou pinça neste período de tratamento, usando-se apenas de lâmina quando necessário.” aconselha Renata.

Por Larissa Alvarez

Comente

Assuntos relacionados: depilação laser mulheres pele negra