Pele negra: cuidados diários garantem brilho e resistência

Pele negra

Foto: I Love Images/Corbis

Sensual, a pele negra se destaca pelo brilho natural. E ainda que seja mais resistente ao tempo por produzir mais melanina, uma proteção natural, nenhuma negra está livre dos cuidados diários com a cútis.

A pele negra, além de ser mais resistente, ainda tem algumas vantagens no envelhecimento, como menos rugas e flacidez, devido ao colágeno e músculos mais resistentes.

Acne

Os cuidados devem ser constantes, pois esse tipo de pele pode sofrer com manchas escuras, olheiras e excesso de oleosidade, o que ocorre o aparecimento de acne, foliculite e o melanoma que é um tipo de câncer de pele.

Se não tratados corretamente, estes problemas ainda podem resultar em manchas. A recomendação é higienizar o rosto duas vezes ao dia com sabonetes antioleosidade, de preferência líquidos. Isso evita a formação de cravos e espinhas.

Pele do rosto

Em geral, as morenas tem ressecamento excessivo, o que deixa a pele com uma aparência acinzentada. Por isso há necessidade de doses diárias de hidratação, que ajudam a restabelecer a umidade natural da pele.

Para o rosto, a sugestão é o sabonete líquido facial. Nos pés, joelhos e cotovelos, recomenda-se passar um creme esfoliante todos os dias para remover as células mortas e prevenir o ressecamento. Além disso, o mercado de cosméticos tem disponibilizado cada vez mais produtos voltados a esse tipo de pele, com substâncias desengordurantes para as mais oleosas.

Sobre o protetor solar, especialistas alertam: um dos maiores equívocos que as pessoas cometem é pensar que a proteção solar é dispensável à pele negra. Quem entende do assunto afirma que o tipo de pele tem predisposição à hiperpigmentação, tornando fundamental o uso do filtro.

Manchas

Os fatores que mais contribuem para o aparecimento de manchas na pele negra são acne ou queimaduras e procedimentos cirúrgicos ou estéticos, como peeling e depilação. Melasmas, distúrbio na pele que causam manchas escuras, também são comuns nestas pessoas - geralmente causados por radiação solar, gestação ou uso de anticoncepcionais.

Para evitar estes problemas, o tratamento da pele negra deve ser feito com agentes menos agressivos. Segundo explica, devido à maior concentração de melanina, a pele pode ter uma reação extrema aos produtos mais abrasivos, produzindo manchas.

Tratamentos estéticos

A pele negra pode passar por qualquer tratamento estético. Claro, cuidados especiais são indicados pelo fato de a pele ser mais sensível ao aparecimento de manchas e se irritar com maior facilidade.

O peeling pode ser recomendado, desde que não seja tão agressivo. Em seguida, é preciso aplicar hidratante. Para o uso do laser com o objetivo de depilação ou procedimentos de rejuvenescimento, é importante que o especialista use um laser com fluência menor para não manchar a pele. Desde que seguidas as orientações médicas, os tratamentos estéticos podem ser feitos em qualquer época do ano.


Por Natália Farah

Comente