Pele dourada. Pêlos dourados!

Pele dourada Pêlos dourados

O verão está chegando e, com ele, a hora de usar roupas mais curtas. Além da vontade de circular com um corpo enxuto por aí, outro ponto que preocupa as mulheres são os pêlos do corpo. Ao invés de depilar, algumas preferem descolorir os fiozinhos das pernas, braços e abdômen, o que pode ser mais vantajoso do que "passar a lâmina" nos fios.

Passar a lâmina

Segundo a dermatologista Meire Brasil Parada, não há perigo em deixar os pêlos loirinhos em casa mesmo. “Hoje existem misturas prontas para isso, que só precisam ser aplicadas. Outra receita é colocar uma medida de amônia e seis medidas de água oxigenada e aplicar nas áreas que quiser, durante cinco a oito minutos. Depois, é só lavar”, explica. Para quem sente coceira durante o método, uma boa dica é passar um pouco de vaselina líquida antes da aplicação, para impermeabilizar a pele.

Os cuidados com a pele, aliás, continuam depois do procedimento feito. É importante não tomar sol logo após o processo, com o perigo de manchas. “A não ser que o método utilizado precise do sol, é melhor cuidar com a radiação”, afirma Meire.

Alergias também podem ocorrer, assim como com em qualquer outro tratamento que se utilize de produto químico. O ideal é testar primeiramente numa pequena área do corpo e, caso não haja reação, aplicar no restante. Se sentir dor ou queimação, suspenda o uso e lave bem a área.

Por fim, um mito que merece ser desmentido é o de que os pêlos crescem mais depois que as mulheres começam a descolorir. Meire explica que as pessoas, de certa forma, visualizam melhor o crescimento do pelo depois de descolorido, já que a ponta está loirinha. Mas os fios não ficam mais compridos ou aparecem em maior quantidade. “Se fosse assim, mandaríamos os carecas passarem um produto destes na cabeça para ter os cabelos de volta”, brinca a dermatologista.

Leia também - Banho de Lua, clareamento de pêlos!

Por Cristina Boscolo (MBPress)

Comente