Pele: cuidado com as receitas caseiras

Pele cuidado com as receitas caseiras

Foto: Big Cheese Photo/Corbis

Em busca de beleza, bem-estar e cuidados com a pele, há mulheres que não medem esforços nem limites. Simples receitas caseiras, quase sempre indicadas por algum conhecido, além de não funcionarem podem trazer grandes complicações, alertam especialistas.

O limão com açúcar, por exemplo, recomendado para esfoliações, é bem perigoso se a pele ficar exposta ao sol. Nessa situação, o ácido do limão provoca lesões graves e até queimaduras.

A espessura granulada da inofensiva mistura de aveia com fubá também pode ferir a pele provocando o escurecimento mais intenso. O amido de milho, embora acalme e alivie a irritação da epiderme, está longe de ser capaz de clareá-la.

Outro produto bastante usado em casa por leigas é a água oxigenada, produto químico que pode agredir a pele de forma intensa, provocando lesões, queimaduras e até intoxicação. E o que dizer do talco? A dica é sempre fazer um teste antes de usá-lo, porque a composição química tende a causar irritações em peles mais sensíveis.

Melhor procurar quem entende do assunto

Antes de se arriscar em receitas milagrosas e baratinhas de clareamento ou tirar manchas na pele, consulte um dermatologista ou especialista. Só eles poderão recomendar o produto certo para cada tipo, como clareamentos a laser que removem parte da pigmentação escura, ácidos clareadores, despigmentadores e peelings superficiais, que não agridem a pele e ajudam na remoção das células mortas.

As axilas estão entre as regiões do corpo que mais sofrem com os atritos da pele com a roupa, causando vermelhidão e sensação de assadura. E fica escura justamente porque para a pele se proteger da agressão cria uma camada espessa. Alergias, irritações causadas por cremes, depilação com lâmina e assaduras contribuem com o problema.

A tonalidade da pele é determinante para a coloração da mancha e que isso deve ser levado em consideração na hora do tratamento, uma vez que as morenas sofrem mais.

Como prevenir nunca é demais, vale sempre ficar atenta a alguns cuidados diários:

1. Nunca use desodorantes ou cremes com álcool;

2. Use e abuse de cremes hidratantes;

3. Prefira a depilação com cera ou laser à feita com lâmina;

4. Use roupas mais leves e menos coladas ao corpo;

5. Use cremes específicos para o seu tipo de pele;

6. Capriche no protetor solar, pois o sol intensifica o problema.


Por Natália Farah

Comente