Peeling ou Luz Pulsada?

Peeling ou Luz Pulsada

Foto: I Love Images/Corbis

Caso você seja do tipo de mulher que passa longe de uma blusa cavada ou não usa biquíni por conta das axilas escuras, saiba que você não está sozinha: ¼ das brasileiras sofrem com as axilas escuras e manchadas. A boa notícia é que existem tratamentos estéticos acessíveis e pouco agressivos ao corpo para deixá-las clarinhas novamente.

Antes de listá-los, vale esclarecer as razões pelas quais há o escurecimento dessa região sensível. Uma delas é a exposição ao sol, que pode sim causar manchas. Outros vilões são fatores genéticos, pessoas de pele morena, obesos, atrito natural da pele, produtos com álcool e certos tecidos.

Agora que você já sabe os motivos, veja dois tratamentos que selecionamos. Escolha um e aproveite para se cuidar antes da chegada do verão.

Peeling

O objetivo do peeling consiste em melhorar a aparência da pele. O procedimento elimina as camadas superficiais promovendo o aparecimento de uma nova, mais bonita, saudável e sem imperfeições. É o tratamento mais eficaz para clarear manchas, embora seja mais agressivo porque os profissionais usam uma substância ácida para queimar a região.

É esta queimadura superficial que provoca a descamação e, consequentemente, a remoção total ou parcial da hiperpigmentação, ou seja, escurecimento da pele. A descamação é fina, dura menos que uma semana e não atrapalha as atividades diárias. O número de sessões recomendadas varia caso a caso.

Luz pulsada

A luz intensa pulsada trata imperfeições da pele que aparecem com a idade e com a exposição ao sol. Ela apaga manchas escurecidas, elimina vasos aparentes, melhora a qualidade da pele e suaviza rugas. Praticamente não há efeitos colaterais na aplicação dos raios luminosos que atravessam a pele, nem causam traumas nas células saudáveis. O motivo está nos raios que atingem preferencialmente a pele pigmentada, destruindo manchas e vasos através do aquecimento.

Dependendo do tipo de pele e da concentração de melanina, pode-se sentir uma picada no disparo da luz, seguida de uma sensação de ardor. Mas o desconforto some em poucos minutos. Em média uma pessoa se submete a quatro sessões, com intervalos de um mês entre elas.


Por Natália Farah

Comente

Assuntos relacionados: peeling axilas luz pulsada exposição ao sol