Peeling de Diamante: eficaz contra as olheiras

olheiraspeelingdiamante

Foto - Shutterstock

Basta uma noite mal dormida para surgirem as indesejáveis olheiras. Além da falta de uma boa noite de sono, outros fatores contribuem para o aparecimento desse problema que afeta a região abaixo dos olhos. Alguns exemplos são: alterações hormonais (muito comuns durante o ciclo menstrual e na gestação), o estresse, tabagismo e até mesmo tendência genética.

O excesso de exposição solar também favorece para o escurecimento da região, sendo responsável por deixar o olhar com ar de cansado e com aparência envelhecida. "A pele ao redor dos olhos é mais fina e delicada do que em outras áreas do rosto. Sendo assim, as olheiras são provenientes do acúmulo de melanina (pigmento que proporciona tonalidade na pele) e da dilatação dos vasos sanguíneos, deixando notório o escurecimento da região", explica Ana Claudia Gomes, fisioterapeuta do Zahra Spa & Estética.

Essas marcas são classificadas em quatro tipos:

Constitucionais: caracterizadas pela anatomia da pele, possuem coloração acastanhada e são profundas. Muito comuns em pessoas de etnias árabes ou indianas.

Melânicas: também acastanhadas, são decorrentes do acúmulo ou aumento de melanina na região abaixo dos olhos. As principais causas para o aparecimento desse tipo de olheira é a exposição solar em excesso e mudanças hormonais.

Sanguíneas: são aquelas de coloração arroxeada. O acúmulo hemoglobina (pigmento sanguíneo) na pálpebra inferior dos olhos é a causa para a origem das mesmas.

Vasculares: são provocadas pelo excesso de retenção de fluidos. Possuem coloração azulada e agravam-se em períodos de stress e cansaço, comprometendo a aparência da região.

Nem sempre as receitas caseiras são suficientes para amenizar esse problema que afeta a autoestima feminina. Nesses casos, a solução encontrada por muitas mulheres tem sido o peeling de diamante.

O tratamento incentiva a renovação celular, deixando a pele com um toque mais aveludado. "Para realizar a técnica utilizamos uma caneta com ponteira diamantizada para promover uma esfoliação na cútis e refazer a superfície da pele", explica Ana Claudia. Além da remoção de olheiras, o peeling ajuda a reduzir as temidas rugas e linhas de expressão, melasmas e manchas decorrentes de problemas com a acne.

O procedimento age de maneira suave na pele. Dessa forma, após a realização do procedimento a pessoa pode retomar suas atividades normalmente.

Para quem gostou a aplicação é recomendada semanalmente ou de quinze em quinze dias, variando em média dez sessões para um resultado eficiente.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: pele rosto maquiagem manchas olhos olheiras peeling