Lipoaspiração: riscos e cuidados

cuidados e riscos da lipoaspiracao

A gente vê os bons resultados da lipoaspiração e até se empolga a fazer uma. Antes de mais nada pense nos riscos, afinal, se trata de uma cirurgia. E como tal, deve ter cuidados e atenções. Deve ser feita em um centro cirúrgico, com anestesia geral e - principalmente - deve ser comandada e executada por um médico cirurgião plástico devidamente formado, especializado e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, SBCP.

"Se todos os critérios técnicos de segurança forem respeitados, os riscos são mínimos", completa o cirurgião plástico, explica o cirurgião plástico Marcelo Vaccari.

Conforme o cirurgião, o comportamento do paciente no pré-operatório também é parte fundamental para o sucesso da cirurgia. "Pelo menos 40 dias antes da cirurgia, não fazer uso excessivo de álcool ou drogas - inclusive o tabaco, alimentação adequada e estar com a saúde em dia, ou seja, não apresentar casos de anemia e infecções. Nos casos de diabéticos e hipertensos, é necessário que estes quadros estejam controlados."

A lipoaspiração, a princípio, tende a melhorar a forma e eliminar certas gorduras localizadas que são difíceis de serem corrigidas apenas com exercício físico e dieta. Mas nunca para perder peso. A lipoaspiração é indicada quando a pessoa está próxima de seu peso ideal. Grandes volumes de gordura extraídos podem ser nocivos, o que aumenta - e muito - o perigo.

Vaccari adverte que para ter um corpo perfeito é necessário uma comunhão de esforços. "A lipoaspiração não dá o resultado sozinha. O paciente deve fazer um programa, mesmo que leve, de condicionamento físico antes e depois da operação, para trabalhar a musculatura. O cirurgião vai trabalhar na camada adiposa, a gordura. É necessário procurar um dermatologista para cuidar da qualidade da pele. É a somatória de cuidados que trará o resultado esperado".

O pós-operatório pode provocar alguma fraqueza. Normalmente o paciente fica anêmico. "Mas em muito pouco tempo pode voltar ao ritmo normal, com restrição apenas à exposição solar. O sol pode manchar a pele na área da operação." Cremes e massagens, e drenagem linfática são importantes e aceleram o restabelecimento.

Fonte - MBPress

Comente