Implantes de silicone aumentaram 40% em 10 anos

Implantes de silicone aumentaram 40 em 10 anos

Mesmo sem ocupar o lugar de preferência nacional entre os brasileiros, a cirurgia de mama, desde a década de 90, ocupa posto de destaque entre as mulheres aqui no Brasil. Imaginem nos EUA, onde os seios são bastante valorizados.

De acordo com dados divulgados pela Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos, as cirurgias para implante de seios aumentaram em 40% na última década. Só em 2010, cerca de 300.000 mulheres se submeteram ao procedimento para aumentar o tamanho dos seios.

Os dados revelam uma alta na procura por cirurgias para aumento de mamas e pela mastopexia - técnica para levantar os seios, ao mesmo tempo em que mostram um declínio na procura por cirurgias como rinoplastia,lipoaspiração e aumento de lábios.

Aqui no Brasil os dados da pesquisa Cirurgia Plástica no Brasil, realizada pelo Datafolha e pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, revelam que as intervenções estéticas mais realizadas no País são aumento de mama (21%), lipoaspiração (20%) e abdômen (15%). Em seguida vêem redução de mama (12%), pálpebras (9%), nariz e plástica de face (7% em cada).

O cirurgião plástico Ruben Penteado, diretor do Centro de Medicina Integrada explica que existem muitas razões para o crescimento da procura pela cirurgia de aumento de mama e destaca uma: "hoje, temos muitos mais estudos e evidências científicas que comprovam que o implante de silicone não contribui para um risco maior de câncer de mama. Este foi um medo muito comum de muitas mulheres, durante muitos anos", afirma.

Outro ponto a favor das mulheres que pretendem aderir a cirurgia é a própria evolução das próteses de silicone. "Tenho visitado algumas fábricas de próteses de silicone, pois ao recomendar um produto X ou Y a um paciente preciso ter todas as informações sobre o produto que estou indicando. De uma maneira geral, temos bons produtos disponíveis no mercado, hoje", explica Ruben Penteado.


O médico destaca também que em relação à década anterior, o material empregado na confecção das próteses evoluiu muito, bem como a sua durabilidade. "A disponibilidade no mercado de próteses de silicone com gel de alta coesividade e com revestimentos texturizados vem proporcionando resultados muito próximos dos naturais nas mamoplastias de aumento. Este fato incentiva muitas mulheres a se submeterem à cirurgia", conta o diretor do Centro de Medicina Integrada.

Por Paula Perdiz

Comente