I’m No Angel – marca de lingerie discute padrão de beleza

Grife quer redefinir o conceito de sexy
I'm No Angel

foto reprodução: Lane Bryant

Parece que aos poucos as grifes de lingerie feminina estão se dando conta de que é preciso romper esses padrões de beleza que tentam impor que as modelos magras estilo “Angels” da Victorias Secret devem ser consideradas o ideal de corpo perfeito.

Dessa vez é a grife Lane Bryant que quer mudar essa imagem e mostrar que corpos diferentes podem ser tão bonitos quanto. Até porque, nem todas as mulheres são angels, não é mesmo?


Com o mote “I’m No Angel” – “não sou um anjo”, em tradução literal – a marca traz uma campanha da sua linha exclusiva plus size, a Cacique, com depoimentos de outras modelos não-angels e tenta redefinir o significado de sexy. Além de, claro, bater de frente com a concorrente Victoria Secret. Bela jogada de marketing, não?

Apesar de tudo, é uma sacada super válida, que quebra conceitos já saturados acerca da beleza. Porque a tendência beauty da vez é o corpo feminino real, com suas curvas e quilinhos a mais, mostrando toda sua beleza e sensualidade natural. Assista ao vídeo:

Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: plus size padrões de beleza