Fio pra depilar

Fio pra depilar

Divulgação

A moda da novela “Caminho das Índias” está invadindo guarda-roupas, influenciando na decoração das casas e até nos tratamento de beleza das mulheres. Além da maquiagem forte e colorida, até técnica de depilação usada na novela vira moda. Ou será que já era, antes de virar cena em horário nobre? A ordem não importa muito. O legal é saber que para fazer a mesma depilação feita em Juliana Paes, por conta do casamento da personagem Maia, não é preciso estar no Oriente.

A depilação com linha ou fio, conhecida como iraniana, israelense, árabe, oriental ou iraquiana, foi criada pelos egípcios, mas os árabes também a usaram, lá nos tempos do Império Babilônico. Hoje, ela tem cada vez mais fãs, amenizando os efeitos da cera na pele. Não importa muito o nome. Basta saber que é aquela feita com linha de costura 100% poliéster.

“A pele é preparada com uma loção anti-séptica. E depois, o movimento dos dedos faz retirada do pelo”, explica Luciano Silva, do Salão Rinnovare, de Brasília. Segundo ele, é possível retirar todo tipo de pelo, desde os mais grosso até os mais finos. As regiões em que esse tipo de depilação pode ser feita são as do rosto, buço, queixo, testa, nariz, costela, axila, abdômen, mão, dedos e virilha. Ela costuma ser muito utilizada em desenhos de sobrancelha.

Fio pra depilar

Divulgação

E dor, efeito colateral certo da depilação, é também outro motivo pelo qual as mulheres estão preferindo os fios à cera. Luciano garante que com o fio ela é mínima. A pinça é utilizada somente para dar acabamento ao trabalho. Como os fios são retirados pela raiz, o efeito da depilação é prolongado. “A tendência é que, com o passar do tempo, os pelos cresçam mais finos e espaçados”, lembra o dono do Salão Rinnovare.

E os benefícios não param por ai. “Quando a depilação é feita, a pele recebe um leve polimento que a deixa bem lisinha, o que facilita e realça a maquiagem”, ressalta. “A pele fica com um aspecto de porcelana”.

As clientes que passaram por cirurgia de pálpebra - e ficam com receio de tirar as sobrancelhas com pinça ou cera após o procedimento - podem comemorar. A esteticista do Rinnovare, Viviane Haiteki, esclarece que seis meses após a cirurgia, a paciente pode fazer esse tipo de depilação sem maiores problemas. Ela também é ótima para quem faz tratamento com ácido ou peeling e quer tirar os pelos.

Vale lembrar ainda que o método também é mais higiênico, pois cada cliente usa uma linha e após o término do trabalho, o fio é jogado fora. Os preços para uma depilação deste tipo variam de acordo com a parte do corpo. O preço vai de R$ 25 (para buço e queixo) a R$ 115 (para pernas). Para eliminar os pelos do rosto, o valor é R$ 45 e das axilas R$ 38.

Por Cínthya Dávila e Sabrina Passos (MBPress)

Comente