Diga não aos pelos encravados!

Diga não aos pelos encravados

Foto: Jan Scherders/Tetra Images/Corbis

Difícil encontrar uma mulher que não reclame ou já tenha sofrido com os pelos encravados. O fato não é exclusivo de depiladoras sem experiência ou porque você foi amadora na hora de arrancá-los.

A razão do encravamento do pelo ocorre quando o poro por onde ele sai fica obstruído, e o pelo não consegue romper a pele. No local, aparece uma lesão avermelhada, inflamada, chamada de foliculite. E o pelo nasce para dentro.

Os pelos encravados também estão ligados à qualidade do pelo. Se ele for muito grosso ou curvo, tipo mais comum na pele negra, está mais sujeito a encravar. O uso de roupas muito justas e de tecido sintético tendem a provocar os pelos encravados, pois causa trauma local. A cera quente é disparada um dos métodos que mais favorecem o encravamento.

Para evitá-lo, recomenda-se intercalar com outras práticas como lâminas, linha egípcia, removedor ou depilação a laser que, por sinal, é um dos métodos mais eficazes contra os pelos encravados. A técnica destrói a raiz do pelo e por isso ele não volta a crescer rapidamente. E quanto menos pelos, menor a probabilidade de encravamento.

Independentemente do método escolhido, antes da depilação faça uma esfoliação na região do corpo que vai depilar, pelo menos dois ou três dias antes. Vale misturas naturais e caseiras de aveia e mel ou hidratantes e desodorantes para peles sensíveis bastante comuns e disponíveis em lojas de cosméticos e farmácias.

E nunca é demais cuidar da pele e hidratar as regiões que têm mais tendência de ter pelos encravados. A hidratação vai manter a pele mais fina e o pelo sairá com mais facilidade.

Dá uma olhada em outras instruções que selecionamos para você se livrar de vez dos pelos encravados.

• Caso use lâminas, mude a cada duas ou três utilizações. Se a lâmina não está afiada, vai puxar o pelo e irritar a pele o que pode provocar pelos encravados;

• Aplique uma compressa quente nos seus pelos encravados. Mergulhe um pano em água quente e coloque-o nos seus pelos encravados por 5 ou 10 minutos. O calor vai reduzir a inflamação e eliminar as bactérias;

• Prefira sua roupa interior de algodão, em vez de materiais sintéticos. Isso porque as bactérias e o suor podem ficar presos à pele, o que agrava os pelos encravados;

• Na região púbica, faça esfoliação duas vezes por semana. Utilize uma esponja e esfregue o corpo para remover as células mortas da superfície da pele. Com uma esfoliação regular, os pelos encravados diminuirão;

• E nas axilas, aposte sempre em desodorantes antitranspirantes, especialmente os que contenham hidratantes na composição.


Por Natália Farah

Comente