Depilação nas axilas: qual o método mais eficaz?

Depilação nas axilas qual o método mais eficaz

Foto: Mario Castello/Corbis

Depilar com lâmina escurece a pele. Creme depilatório age superficialmente. Cera quente encrava os pelos. Quantas vezes você se deparou com empecilhos na hora de escolher a maneira de tirar os pelinhos indesejáveis do corpo?

As axilas, por ser uma das regiões mais sensíveis, merecem um cuidado especial no momento da depilação. Produtos sem procedência e métodos errados podem causar efeitos contrários e nada agradáveis, como irritações e manchas na pele.

O método como você se depila favorece o escurecimento da pele. Outras causas do escurecimento são o atrito natural da pele, fatores genéticos, mulheres com pele morena, falta de hidratação, portadoras de diabetes e pessoas obesas.

Para evitar aborrecimentos pós-depilação, vale sempre ter cuidado e seguir alguns passos importantes para manter a pele macia, limpa e livre de manchas e pelos encravados.

Confira abaixo a lista que preparamos para você e escolha seu método!

Lâminas

Certamente as lâminas são o método mais barato, rápido e prático de depilação. Dá para fazê-la em qualquer hora e local. Mas quem costuma usar a lâmina deve pelo menos alternar os dias de aplicação e esfoliar a região uma vez por semana. Com o tempo, a lâmina pode deixar as regiões depiladas mais escuras.

Cera quente

As adeptas da depilação com cera devem ficar longe da exposição ao sol depois de retirar os pelos, porque a cera depilatória tira uma camada natural protetora deixando a pele mais exposta e vulnerável. Esta técnica é antialérgica e pode ser aplicada em grandes extensões do corpo.

Aparelhos de depilação

Os pelos são arrancados com uma máquina que desliza sobre a pele. Arranca os pelos pela raiz e por isso o efeito dura bastante. Não fazem sujeira nem causam alergias. Além de ser o método mais seguro para peles sensíveis e se adaptar a qualquer pele, uma vez que não causa pigmentação da pele.

Cera fria

Bastante higiênica por usar produtos descartáveis, a cera fria apresenta resultados duradouros e não irrita a pele. No entanto, é mais demorada e dolorida.

Laser

A onda do laser é atraída pelo pigmento escuro, que age como um condutor, levando o calor até a matriz do pelo, tendo pouco efeito sobre os fios claros. A depilação a laser se consagrou como a mais eficaz na redução dos pelos. Ela elimina a raiz, o bulbo dos pelos. A técnica exige certa preparação. Em peles mais morenas, recomenda-se o uso de cremes clareadores para reduzir a possibilidade de manchas. E depois da depilação é muito importante proteger a pele contra o sol, com o uso de um protetor solar. Não é indicado para gestantes.

Dicas para uma boa depilação

• Procure depilar-se à noite. Assim a pele tem muitas horas longe do sol e de roupas mais apertadas para se recuperar;

• Sempre se depile com a pele limpa para evitar infecções;

• Se possível, depile-se após o banho. O vapor aumenta a elasticidade da pele e amolece o pelo;

• Não aplique nada que possa provocar irritação na sua pele após a depilação;

• Durante esse tempo procure não expor a pele ao sol, água do mar, perfumes ou qualquer outro fator de irritação, incluindo sabonetes;

• Por fim, acalme e hidrate a pele com um pós-depilatório sem álcool após uma hora de finalizar o tratamento.


Axilas escuras exigem cuidados específicos. Saiba qual a melhor forma de tratar o problema a partir da conversa da blogueira Juliana Goes com a dermatologista Irina Afonso:

Por Natália Farah

Comente