Dance para acabar com as calorias

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Dance para fritar as calorias

Não é porque o verão já está chegando ao fim que a busca por um corpo perfeito deve estacionar, não é mesmo? Afinal, não adianta nada ficar o ano inteiro sem praticar nenhum exercício físico e, depois, faltando poucos meses para começar a temporada de praia voltar à academia com objetivos malucos, fazendo com que o corpo chegue à exaustão antes mesmo de atingir os resultados propostos.

A dica para evitar possíveis lesões é fazer uma atividade por prazer e não apenas por "necessidade". Se você faz parte do time das mulheres que não se apetece muito com a palavra ginástica, saiba que existem diversas formas e atividades mais divertidas de se atingir o peso ideal, como a dança, por exemplo. Não acredita?

Para quem não sabe, a dança é uma atividade bastante prazerosa capaz de eliminar as calorias e mandar as gordurinhas para bem longe. Dependendo da escolha do ritmo, uma única aula pode eliminar mais de 600 calorias, como no caso do Zouk. Mas, se você prefere algo que além de te deixar com um corpão ainda te ajude a melhorar a autoestima, a dança do ventre é a mais indicada, apesar de não ser uma das modalidades de maior gasto calórico, uma vez que uma hora de aula queima apenas 400 calorias.

Agora, para quem não tem predileção por nenhum ritmo específico, as aulas de body jam que misturam diversas danças é uma ótima opção, já que vai queimar muitas calorias, cerca de 700 por hora, além de garantir uma boa dose de animação ao seu dia. Ou seja, a perda calórica é o equivalente a cerca uma hora e meia de esteia, em velocidade alta. Quer mais?

E, não para por aí, fora as calorias perdidas, a atividade ainda tonifica músculos, traz elasticidade e melhora condicionamento físico. Mas, seus benefícios não se restringem apenas a padrões estéticos, outros pontos também são beneficiados, como: diminuição do estresse, depressão, ansiedade e timidez, eleva a autoestima e a confiança, pois durante a dança o corpo produz endorfina, popularmente conhecida como o hormônio da felicidade.

Por Paula Perdiz

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente