Cuidados com o colo

Cuidados com o colo

Quem é que não gosta de uma pele bem tratada e saudável? Para isso, a indústria de cosméticos sempre desenvolve cremes para que cada parte do corpo tenha sua devida atenção. O problema é que nem sempre as pessoas se preocupam com todas as partes. Rosto e tronco, mãos e pés sempre são lembrados, mas e o colo? Você gosta de mostrá-lo. Mas sabe como tratá-lo?

O dermatologista Alexandre Y. Okubo, da Sociedade Brasileira de Dermatologia e diretor clínico da Clínica Prime, em São Paulo afirma que a região do colo é super sensível. Por ela possuir menos glândulas sebáceas - responsáveis pela produção de gordura - tende a ser mais ressecada e, por ser mais fina, é também suscetível a danos causados pela poluição e raios UV do sol. Por isso mesmo, cuidar dessa região é mais do que importante. Em casa você já pode tomar alguns cuidados.

Primeiro de tudo, preste atenção na hora de dormir. Você pode achar que não, mas a posição que fica durante a noite pode influenciar na boa aparência do colo e favorecer o aparecimento de rugas. "Mas isso é mais acentuado em quem tem o hábito de se deitar de lado", alerta Alexandre. "Estas rugas, que a princípio aparecem somente quando a mulher está deitada, com o passar dos anos tornam-se mais profundas e permanentes", completa.

E para aquelas que adoram "torrar" ao sol, cuidado. Alexandre afirma que, além das rugas causadas durante o sono, a exposição crônica aos raios UV também causam dobrinhas indesejadas no colo.

Alexandre ensina outros cuidados básicos que podem ser tomados todos os dias para a manutenção da saúde da região. "Pela manhã, o ideal é utilizar um hidratante com filtro solar que tenha fator de proteção solar (FPS) igual ou maior que 15. À noite, é importante hidratar a região, se possível com um creme à base de alfa-hidroxiácidos ou de ácido retinóico, que entre outros benefícios, estimula a produção de colágeno da pele, prevenindo o envelhecimento. A limpeza é outro passo importante e deve ser feita com sabonetes neutros, que não ressecam a pele. Por fim, um tônico para restaurar o equilíbrio da pele", explica.

Agora, se você prefere ir a uma clínica ou algum lugar especializado para o tratamento, Alexandre indica algumas alternativas, lembrando sempre que a indicação varia de paciente para paciente, levando em conta o tipo de pele e os possíveis danos causados.

"O peeling químico, por exemplo, melhora a textura e reduz as manchas, assim como a microdermoabrasão. A luz intensa pulsada, além de melhorar as manchas, estimula o colágeno e minimiza os pequenos vasos, comuns nessa região.


O laser fracionado melhora rugas finas e flacidez e, entre os métodos disponíveis, é o que melhor estimula a produção de colágeno. Outro tratamento importante para o colo é a aplicação de botox, indicada para melhorar as rugas, principalmente as decorrentes de dormir de lado", finaliza Alexandre.

Por Tissiane Vicentin (MBPress)

Comente