Cosméticos orgânicos: vale a pena investir?

Os cosméticos orgânicos são feitos 100% à base de ingredientes naturais e vegetais
cosméticos orgânicos

Conheça as vantagens e desvantagens dos produtos orgânicos. Foto: iStock/Anna-Ok

Ultimamente, as empresas tem se preocupado muito mais com sustentabilidade. Tanto que hoje, é mais fácil encontrar produtos feitos com ingredientes certificados como orgânicos e componentes derivados de matérias-primas vegetais (ou animais). Eles são livres de sustâncias sintéticas e ainda por cima são bem mais naturais.


"Os produtos convencionais e não orgânicos, contêm, praticamente, componentes oriundos exclusivamente da petroquímica, alguns dos quais com potencial alergênico, como os parabenos, as amidas e os sulfatos", afirma a Dra. Claudia Marçal, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

De forma geral, os cosméticos orgânicos também se diferenciam tecnicamente dos cosméticos naturais, segundo a dermatologista. "O cosmético natural é aquele desenvolvido 100% à base de ingredientes naturais e vegetais e no mínimo 5% de seus ingredientes têm de possuir a certificação orgânica. Já o cosmético orgânico é aquele que, além de ser desenvolvido 100% à base de ingredientes naturais e vegetais, vem com uma porcentagem mínima de 75% de ativos orgânicos certificados", esclarece. Alguns ativos como o Sculptessence (da Biotec Dermocosméticos), derivado da semente do linho e que promove uma remodelagem facial, tem certificado ECOCERT, que indica um cuidado em relação à sustentabilidade por toda a cadeia produtiva. O ativo é encontrado em farmácias de manipulação e em produtos industrializados.

Vantagens e desvantagens dos cosméticos orgânicos

A dermatologista explica que as vantagens dos cosméticos orgânicos contemplam desde a consciência ambiental até os benefícios para a pele. "Esses produtos tratam a epiderme e devolvem a ela suas condições naturais e, principalmente, vitalidade. Isso acontece por conta da ação de ingredientes naturais diretamente no tecido cutâneo sem a interferência de outros componentes sintéticos que podem, algumas vezes, apresentar potencial irritativo", afirma.

Em relação às desvantagens, a médica cita que nem sempre os cosméticos orgânicos conseguem trazer todos os benefícios que cosméticos, como os produtos anti-idade, por exemplo, proporcionam. Sem mencionar que os produtos orgânicos tendem a ser mais caros. Contudo, a dermatologista acredita que com as pesquisas industriais recentes, é possível ter um custo-benefício cada vez melhor para o paciente no futuro. "Temos que lembrar também da relação com o meio ambiente e toda a cadeia produtiva, valorizando o uso responsável dos recursos naturais", complementa.

cosméticos orgânicos

Foto: iStock_Whitestorm

Indicação dos produtos orgânicos e usoOs produtos orgânicos são indicados para quem tem pele sensível, pessoas alérgicas e quem sofre com contato a determinados ingredientes de produtos convencionais, os quais podem provocar reações indesejadas. A médica destaca que os produtos orgânicos podem ser usados por todas as pessoas que buscam consumir produtos de forma sustentável.

"Não há restrições, mas a indicação e prescrição de produtos devem ser feitas sempre pelo dermatologista, para que ele avalie o tipo de pele e as necessidades de cada paciente, a fim de buscar o melhor tratamento que aquela pele precisa", finaliza.

Por Thamirys Teixeira

Comente