Celulite: a inimiga nº1 do seu bumbum

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
celulite-bumbum

Foto - Shutterstock

Bumbum durinho e empinado, que mulher não sonha em se livrar dos furinhos indesejáveis causados pela celulite e passear a vontade de biquíni pela praia.

Descrita como um depósito irregular de gordura que forma saliências e depressões nas regiões dos glúteos, coxas, abdomem e braços, a celulite não é considerada apenas um problema estético e sim, uma doença. O depósito de tecido adiposo e pouco músculo afeta os pequenos vasos sangüíneos e linfáticos, agredindo os tecidos subcutâneos e conjuntivos, causando nódulos, acúmulo de líquidos, alterações nas células gordurosas e até dor.

A celulite pode estar ligada aos fatores hereditários, mas sua principal causa está no aumento da produção do hormônio chamado estrógeno. Durante a gravidez, amamentação, menstruação, pré-menopausa e uso de anticoncepcionais, a celulite se agrava pelo aumento desse hormônio no corpo.

As mulheres são as principais vítimas, não importa se jovens, de meia idade, magras ou com excesso de peso, 95% de nós sofremos desse mal. Os homens também podem ter celulites, mas normalmente em freqüência bem menor. A falta de atividade física e uma dieta inadequada, também colabora para o aparecimento dessa terrível inimiga.

Como se prevenir

Alimentação balanceada e atividade física, esta é, sem dúvida, a fórmula mais fácil e saudável de se armar contra essa vilã.

Opte por exercícios aeróbicos, que estimulam a circulação sangüínea e a oxigenação dos músculos. Mas, é a musculação que dará mais resultados, pois esta, ajuda a eliminar gorduras localizadas e aumenta a massa muscular - fazendo com que o músculo tome o lugar da gordura, deixando o seu corpo mais bonito e delineado.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: celulite bumbum