Barriga sequinha: dicas das famosas

Barriga sequinha dicas das famosas

Adriane Galisteu faz 600 abdominais todas as vezes que malha. Foto: arquivo MBPress

Que mulher não sonha em ter uma barriga sequinha, sarada? Bom, ninguém se engana achando que é fácil, tem que ter muita disciplina na academia e controlar a alimentação.

Em entrevista ao site da revista Contigo!, três famosas que tem barriguinhas de dar inveja contaram o segredo do sucesso. A top Ana Claudia Michels contou que toma fórmulas indicadas pelo endocrinologista Samir Faisal. "Elas ajudam a regular o intestino, a melhorar o metabolismo e desinchar a barriga". Além disso ela se priva de álcool e refrigerantes e sempre contrai o abdômen na hora que faz exercícios.

Adriane Galisteu contou a publicação que tem um kit para um abdômen sarado. "Faço drenagem linfática duas vezes por semana, uso de aparelhos, como Accent, Ultra Accent e Vela Shape, uma vez por semana, alimentação balanceada e 600 abdominais todas as vezes que malho, mas já cheguei a fazer mil'. Haja fôlego!

Outra top, Isabel Hickmann diz evitar comer lactose porque ajuda acumular gordura na barriga. Além disso usa um óleo da Weleda que, apesar de ser para celulite, passa na barriga todas as noites, após o banho. "Também faço três séries de 30 abdominais para trabalhar toda a região''.

Quando o assunto é alimentação há aqueles alimentos que ajudam e os que atrapalham. A nutricionista e nossa colunista Roberta Silva preparou uma lista do que deve ser evitado e do que pode te ajudar a conseguir o seu ‘tanquinho’. Confira:

O que aumenta a barriga?

- Consumir em excesso alimentos que causam flatulência (gases), como: refrigerantes, feijões, frituras, enlatados, carne vermelha, frios e embutidos.

- Não mastigar corretamente. Mastigar bem também evita o acúmulo de gases.

- Alimentos que retém líquidos, ricos em sódio, alimentos industrializados de forma geral, embutidos, sal de cozinha em excesso, evite.


Quais alimentos ajudam a ter uma barriga retinha?

- Fibras e líquidos: Beba bastante água, líquidos como chás, suco de frutas naturais, água de coco, etc. Consuma diariamente alimentos ricos em fibras: verduras, legumes, frutas, alimentos integrais, aveia, farelo de trigo, semente de linhaça e outros. Isso vai favorecer um bom trabalho intestinal.

- Alimentos considerados diuréticos: chás, suco de limão, melancia, morango, abóbora, agrião, escarola, folhas de beterraba, pepino.

Por Larissa Alvarez

Comente