Balas de colágeno

Balas de colágeno

Muito tem se falado sobre as balas à base de colágeno. Juntamente com ingredientes fitoterápicos (ervas medicinais), a promessa é de melhora na flacidez da pele e "ajudinha" na hora de perder aqueles quilinhos a mais.

"O colágeno hidrolisado atua na saciedade, já que, no estômago, ele se transforma numa espécie de gel, tornando a digestão mais demorada. Entretanto, não é o colágeno que auxilia no processo de emagrecimento destas balas, e sim os fitoterápicos utilizados como a garcínia, a caralluma, a gymena", ressalta a nutricionista Ana Paula Martins, da Clínica Gênesis, em São Paulo.

Os fitoterápicos são medicamentos provenientes de partes de plantas. Mesmo sendo naturais, são como qualquer outro remédio - e somente podem ser prescritos por médicos e nutricionistas. Ou seja, as balinhas precisam ser receitadas para poderem ser consumidas sem problemas. "Mas o acréscimo de fitoterápicos deve ser monitorado e orientado mediante avaliação da paciente", avisa Ana Paula. A especialista ressalta, ainda, que pessoas alérgicas devem tomar cuidado, pois pode haver corantes na composição.

Ana Paula diz que, tomando duas unidades por dia, essas balas, em conjunto com os fitoterápicos, podem contribuir para uma maior rigidez da pele, na formação muscular e no auxílio à queima e inibição de absorção de gordura. Além disso, aceleram o metabolismo, auxiliam na constipação e no aumento da produção de serotonina (hormônio do prazer)e, ainda, dão uma mãozinha para os intestinos preguiçosos, melhorando o trânsito intestinal.

Claro que elas sozinhas não fazem milagres. "Somente o uso da bala de colágeno não é suficiente para se ter o resultado, mas em conjunto com uma reeducação alimentar e exercícios físicos, trazem um resultado visível em um mês de tratamento e acompanhamento nutricional", garante Ana Paula.

Agora, se você acha que essas balinhas vão fazer milagres com a sua pele, o dermatologista Gilvan Alves, do Centro Clínico Via Brasil, em Brasília, alerta que esse produto não tem qualquer eficácia para esse tipo de tratamento. Segundo o especialista, o colágeno é uma proteína de origem animal e o ser humano não possui enzimas no seu trato digestivo para digerí-las, ou seja, "elas passam direto da boca para as fezes". Ele ressalta a importância do colágeno na firmeza e juventude da pele, mas diz que ingestão via oral é apenas uma ilusão.


Em outras palavras, conseguir emagrecer ou ter a pele dos sonhos é um esforço seu - e não um milagre dos docinhos.

Por Tissiane Vicentin (MBPress)

Comente