A depilação mais indicada para você

Pele sensível, dor, alergia, tendência a machas e pelos encravados? Veja as melhores ceras para a sua pele
depilaçãomaisindicada

Qual a depilação mais indicada para cada pessoa? Pele sensível, dor, alergia, tendência a machas e pelos encravados. A lista de fatores que inibem certas mulheres de encarar a depilação com cera vai longe. Se você está nesse grupo, relaxe: existem sim ceras que servem para sua pele e métodos bastante eficazes contra qualquer problema.

Sinto muita dor

Realmente arrancar os pelos pela raiz está longe de ser a melhor sensação do mundo. Por isso, as empresas lançaram produtos a favor das mulheres. Acredite se quiser, já é possível encontrar ceras depilatórias com uma mistura dos anestésicos lidocaína e prilocaína, que minimizam a dor até 70%. Além de conterem anti-inflamatório e hidratante na fórmula.

Outra substância encontrada em alguns tipos de cera e que sabidamente alivia a dor é o óleo de cravo, também chamado de eugenol. Ele atua como antisséptico e anestésico natural, reduzindo a chance de infecções locais e amenizando a dor local.


Embora alguns salões e centros estéticos proíbam as moças de passarem qualquer produto na pele antes da depilação, há loções hidratantes ou óleos corporais que contêm os princípios ativos calêndula e hamamélis. São substâncias super-recomendadas, inclusive por dermatologistas, porque não causam alergias ou irritações e reduzem a dor.

Uma possibilidade é utilizar cremes anestésicos antes da depilação com cera, mas lembre-se de passar em pequenas áreas, já que o medicamento em grandes quantidades pode ser absorvido pelo organismo e provocar efeitos colaterais, como tontura e pressão alta.

Mais uma dica: melhor evitar se depilar próxima ao período menstrual, pois a sensibilidade à dor fica mais intensa nessa época devido à liberação de uma substância inflamatória chamada prostaglandina. Além disso, as mulheres tendem a reter líquidos nesse período, e como o inchaço comprime as terminações nervosas, a sensibilidade à dor aumenta.

Quem não resiste mesmo a dor, indicamos mais um truque: faça uma compressa com água morna na região a ser depilada. Isso ajuda a abrir os poros e permite que o pelo saia mais facilmente, reduzindo a dor. Logo depois da puxada da cera é preciso fazer uma compressa de água fria na região depilada uma vez que o frio alivia a dor.

Tenho a pele sensível

Vermelhidão e irritação são comuns depois da depilação, mas se no seu caso elas são mais persistentes, a recomendação é utilizar ceras específicas para a pele sensível ou que possuam substâncias calmantes, como a calêndula. Outros cuidados são indispensáveis como o uso de protetor solar para evitar manchas e de pomada anti-inflamatória, para pontos muito irritados após a depilação e com indicação médica.

As donas de pele sensível devem hidratar sempre as regiões depiladas, seja com óleos e cremes à base de macadâmia ou aloe vera, que também acalmam a pele. Se os problemas causados pela depilação te incomodam, pode ser o caso de optar por outros produtos ou até mesmo outros métodos de depilação, como a fotodepilação ou a depilação a laser.

Pelos encravados

Este sem dúvida é o drama mais comum das mulheres que optam pela cera. A má notícia nesse caso é que o tipo de cera não vai resolver o problema. Quem tem tendência ao encravamento dos pelos com a depilação com cera, terá o problema independente da cera utilizada.

Caso você se inclua nesse grupo e deseja continuar apostando na cera, anote alguns cuidados:

• Faça esfoliação da pele semanalmente, de preferência aos cosméticos esfoliantes de marcas que você confia e evite receitas caseiras;

• Caso a foliculite pilosa (o encravamento dos pelos) já estiver presente, ou seja, se houver inflamação evite a esfoliação;

• Use cremes à base de ureia ou ácido glicólico, grandes aliados na prevenção da foliculite, já que ambos ajudam a afinar a pele e permitir que os pelos saiam sem dificuldades. Os ácidos retinoico e salicílico, presentes em diversos cosméticos, também podem ajudar a tratar o problema;

• Aposte na depilação a laser ou na fotodepilação, que são os melhores métodos para diminuir os pelos encravados;

• Busque orientação de um dermatologista para avaliar o grau da infecção e orientar o tratamento.

Tenho os pelos muito grossos

Nesse caso, o ideal é usar cera quente para que haja dilatação dos poros e facilite a retirada. A depilação com cera de pelos mais grossos pode causar dor e sangramento local durante e após o procedimento. O ideal é passar uma pomada anti-inflamatória nos locais que foram machucados após a depilação e manter a região sempre limpa.

Tenho tendência a manchas

O ideal é preparar bem a pele, evitar o uso de cremes ou produtos com álcool, não realizar tratamentos com ácidos ou peelings enquanto a pele estiver irritada. Usar protetor solar após a depilação e evitar exposição solar também são medidas fundamentais.

Evite cutucar a pele com a pinça para retirar os pelos que ficaram depois da cera e não passe a cera na pele mais de uma vez, essas atitudes podem gerar manchas. Cuidado também com a periodicidade das depilações: uma vez por mês é o ideal, porque a pele tem condições de se recuperar, diminuindo os riscos de manchas e inflamações. Atente-se também ao excesso de sabonete em locais sensíveis após a depilação, como a virilha, que pode escurecer a regiões.

Pele seca ou ressecada

Algumas ceras no mercado têm em sua composição óleo e sementes de algumas frutas, que além de deixar a pele perfumada, hidrata a pele. Outra composição que tem sido usada é a cera de cana-de-açúcar, que impede que os folículos pilosos inflamem com a retirada dos pelos e também diminui o desconforto da depilação.

Após a depilação, o ideal é passar o mesmo creme hidratante usado antes da retirada dos pelos para revitalizar e proteger a pele. Porém, quando a depilação for feita com cera quente, a camada protetora da pele é retirada, deixando-a mais exposta e vulnerável. Por isso, após o procedimento, o ideal é aplicar produtos que acalmem a pele - à base de alatopina, alantoína, bisabolol ou aloe vera.

E independentemente do método escolhido para a depilação, o ideal é passar o creme hidratante específico para seu tipo de pele até uma hora antes da depilação. O ideal é manter a pele sempre muito bem hidratada e com cremes específicos para você.

Por Natália Farah

Comente