3 tratamentos não invasivos para adiar a plástica

Conheça as técnicas que não envolvem riscos como a cirurgia plástica
tratamentos não-invasivos

foto: iStock/© YanLev

Graças ao avanço da tecnologia e aos aparelhos estéticos, a cirurgia plástica deixou de ser única ou primeira alternativa para quem quer mudar algo no corpo. Os tratamentos não-invasivos estão se consolidando cada vez mais no mercado, promovendo resultados satisfatórios para quem quer remover uma gordurinha ou amenizar linhas de expressão.

Entre suas principais vantagens estão o fato de não exigirem afastamento das atividades do cotidiano, o custo ser relativamente ais baixo e envolver muito menos riscos que um procedimento cirúrgico, motivos que só têm aumentado a procura por tais serviços.


Conheça os principais tratamentos não-invasivos e o que eles oferecem:

Criolipólise

A criolipólise é uma alternativa à lipoaspiração, uma das cirurgias plásticas mais realizadas no país. Ela conta com um aparelho que possui uma ponteira que resfria a gordura da área tratada e mata as células. Geralmente uma sessão é suficiente o resultado visível por cerca de três meses.

Toxina botulínica 

A toxina botulínica, conhecida como botox, é a alternativa mais popular no lugar da cirurgia feita para na pálpebra, a blefaroplastia, para levantar a região dos olhos  e acabar com as temidas bolsas. A substância ao ser injetada na pele paralisa os músculos. Ao impedir a contração muscular, a pálpebra se eleva e as rugas são atenuadas. Os resultados duram até seis meses.

Radiofrequência

A radiofrequência é uma tecnologia presente em aparelhos que, por meio da emissão de calor, estimulam a produção de colágeno e elastina, ou seja, não utiliza agulhas e é uma opção para fugiar da cirurgia, como a ritidoplastia, que corrige flacidez, perda de tônus muscular e gorduras indesejáveis da face. O tratamento pede de seis a dez sessões por área tratada e costumam durar até quatro anos.

Saiba tudo sobre depilação! Juliana Goes conversa com a dermatologista Irina Afonso para te explicar mais sobre a remoção dos pelos. Vem ver!  

Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: estética