10 dicas dermatológicas para o inverno

10 dicas dermatológicas para o inverno

O inverno é uma época em que a pele sofre e fica mais ressacada por conta do tempo frio e mais seco, mas por outro lado é o período certo para a realização de alguns tratamentos dermatológicos que pedem distancia do sol.

A dermatologista Tatiana Villas Boas Gabbi, do Zahra Spa & Estética elaborou 10 dicas dermatológicas para uma pele saudável durante o inverno, veja e cuide da sua:

1. Tome banho com água morna e usar hidratante após o banho na pele ainda úmida. Isso evita o ressecamento da pele

2. Mantenha o uso do filtro solar diariamente na face, pois o sol do inverno também envelhece a pele, podendo manchá-la, além de participar do surgimento do câncer de pele

3. Esportes que expõem os praticantes ao frio e ao sol podem levar a um ressecamento ainda mais intenso da pele. Se você pratica, não deixe de hidratar a pele e use sempre protetor labial com fator de proteção solar.

4. Aproveite o frio para fazer tratamentos normalmente contra-indicados no verão como fotoepilação, peelings químicos ou com laser e luz intensa pulsada;

5. O inverno é uma ótima época para iniciarmos o tratamento da acne porque alguns produtos não podem ser usados com a exposição solar;

6. Outro problema do inverno é que além da tendência de diminuir as atividades físicas, também comemos mais. Uma boa dica é procurar uma nutricionista e iniciar um programa alimentar para fugir dessa armadilha.

7. Quanto à atividade física, é interessante diversificá-las nessa época do ano e criar um motivo para espantar a preguiça. Que tal um personal trainer, começar a fazer pilates, yoga ou aulas de dança?

8. Alguns tratamentos corporais podem gerar hematomas, que contra-indicam a exposição solar. Além disso, requerem algumas semanas para visualizarmos resultados mais expressivos. Portanto, não deixe para o verão! Comece a lutar contra estrias, celulite e gordura localizada agora!


9. O estresse que surge nessa época do ano colabora para a piora de várias dermatoses. Evite-o alimentando-se de maneira saudável, praticando atividades físicas, como já dissemos. Massagens e drenagem linfática, além de resultados estéticos, podem melhorar o bem estar.

10. Procure o médico dermatologista caso surjam lesões na pele, mucosas, cabelos ou unhas. Realize tratamentos apenas com profissionais habilitados.

Comente