Trabalho de artesão conquista globais

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Trabalho de artesão conquista globais

Foto: divulgação

O artista paulistano Eduardo de Castro vem chamando atenção dos cariocas com seu trabalho. Eduardo faz um trabalho de gravação em cristal que resgata técnicas que requerem muita habilidade e criatividade. Essas gravações, com desenhos que remetem a rendas delicadas, estão sendo colecionados por gente famosa como Izabel Gros, Mila Moreira e Lilia Cabral.

A técnica se chama drill engraving. As peças criadas por Eduardo são únicas. Com máquinas similares às dos dentistas e ourives, o artista desgasta o cristal com precisão, criando as mais variadas imagens de flores, frutos, animais e o que mais surgir.

Em entrevista ao jornal O Globo, o artesão revela que o talento foi descoberto por acaso. "Eu trabalhava numa loja desenvolvendo produtos. Tivemos a ideia de fazer desenhos em cristal e encomendamos algumas imagens para uma empresa. Depois de uma espera de três meses, recebemos um material ruim. Insatisfeito, comecei a procurar máquinas para gravar no cristal.

Quando minha chefe viu o resultado, me demitiu! (risos). Disse que eu tinha feito um trabalho especial e podia me dedicar a ele", relembra.

Ao longo dos últimos seis anos, o artesão lançou várias linhas, como a Rendas Belgas (primeira coleção lançada na loja Dona Coisa, no Jardim Botânico) e Iluminuras, inspirada em ilustrações medievais da Bíblia.

Eduardo trabalha em casa, na própria biblioteca, adaptada para abrigar o maquinário e as peças. O processo é artesanal, mas tem um quê de tecnologia. Para começar ele precisa ter a peça, seja uma garrafa, um aquário ou uma taça.

Em seguida, fotografa o objeto e começa a mexer na imagem, usando photoshop. A etapa seguinte consiste em criar um molde, onde o desenho começa a ganhar vida. Por último, ele desenha na peça, usando o molde como referência.

As encomendas são de um público seleto, mas não são peças caras. Alguns copos custam R$ 60 em média. Já os vasos, que medem de 70 cm a 1m, giram em torno de R$ 380 a R$ 1.800.

A repercussão é tanta que já existem contatos para vender na Europa, principalmente Alemanha, que tem tradição na gravação de cristais, e Bélgica.


Por Jessica Moraes

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente