Scrapbook - arte visual e memorável

Scrapbooking  arte visual e memorável

Foto Jessica Moraes

A mania do scrapbook surgiu nos EUA, onde sempre foi um hobby normal registrar os momentos com fotos em livros e álbuns de forma decorativa e artesanal.

Hoje o scrapbook está trazendo cada vez mais novidades, como o patchscrap, a junção do patchwork com o scrapbook, dando a possibilidade de trabalhar além dos papéis, com tecidos.

O crescimento do hobby estimulou a indústria a lançar cada vez mais produtos adequados à prática e que não só embelezam, mas também dão asas à imaginação dos seus adeptos.

Criatividade é um dos fatores essenciais para a criação desses novos produtos. Além de bonitos, o ato de criá-los é algo prazeroso e terapêutico, que trabalha a sensibilidade de cada um que se envolve com essa prática.

Confira alguns dos termos mais característicos do scrapbook:

Acidez - inimigo número um das fotografias. Procure sempre utilizar material sem acidez (acid-free) com as fotos.

Acrilic Paint- tinta acrílica que pode ser utilizada para pintar papéis, metais e outros enfeites que compõem uma página de scrapbooking.

Background Paper - papel usado como fundo de páginas, cartões, etc.

Boleador - ferramenta para fazer relevo em papel.

Confete - ou "punchies", são as figuras de papel que feitas através dos furadores de papel.

Gabarito - também conhecido como molde ou stencil, é utilizado para fazer os traços dos desenhos ou cortes a serem feitos nas páginas de scrapbooking.


Page Toppers - bloco de papel ilustrado com palavras e decorado, usado como título no topo das páginas.

Passpatour - papelão, também conhecido como cardboard, é um material utilizado para fazer moldura de quadros.

Relevo - técnica usada para produzir efeitos de 3D no papel.

Ribbon - fitas (lisas, decoradas, rústicas) utilizadas para enfeitar páginas.

Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: artesanato scrapbook