Os segredos das casinhas em miniatura

Os segredos das casinhas em miniatura

Foto Juliana Lopes

Artesanato é uma atividade muito variável. É possível fazer bonecas, bichinhos, chaveiros, bijuterias etc. Agora, imagine fazer tudo isso em miniaturas!

A artesã Anynha Dalgiza começou a fazer peças em miniatura há mais de 20 anos. Depois de muito gastar dinheiro adquirindo as peças, ela passou a procurar um meio de lucrar com o que gosta. "Colecionar miniaturas ainda é luxo no Brasil. Além disso, é difícil de encontrar. Quando comecei a produzir queria incentivar as pessoas e ajudar a diminuir o preço das peças", afirma a artesão.

Há seis anos Anynha criou a sua loja virtual. No endereço eletrônico é possível adquirir miniaturas de móveis, casa de boneca, dormitórios, escritórios, cozinhas, banheiros, vasos e até comida. Por se tratar de um trabalho manual, são todas peças únicas. Um certificado de exclusividade acompanha os objetos adquiridos.

Por se tratar de um trabalho tão amplo, diversos materiais servem como matéria-prima. "O que eu mais amo é usar materiais recicláveis. Tampinha de garrafa e de caneta principalmente. Quando eu vejo coisinhas jogadas eu junto e coloco tudo em uma gaveta. Isso barateia bastante o custo da peça", revela Anynha. "Eu também uso pinça de sobrancelha, para manusear o material. Eu sou uma pessoa extremamente versátil e trabalho com tecido, crochê e tricô e lido com todos os materiais, desde o papel ao metal".

A artesã ressalta que é muito importante respeitar a escala de proporções. A usada por Anynha é de um para doze, isto é, um objeto de 12 centímetros de altura seria representado em miniatura com apenas um centímetro. "É muito importante respeitar esta escala. Não dá para colocar um vaso de flor grande sobre uma mesa pequenina. Empobrece o trabalho", observa a artesã.

Segundo a produtora, as peças mais vendidas são os móveis. "Eu procuro fazer peças que abram as gavetas e as portinhas, as pessoas gostam. Nesse segmento, o meu forte são coisas relacionadas a bebês e costuras. Por exemplo, bercinhos e máquinas de costura". A casa de boneca, toda em madeira, vende muito bem, e agora Anynha já faz os móveis para boneca. Ela também produz casas semiprontas, o cliente leva as peças e ele mesmo monta o prédio, podendo decorar como desejar.


Todas as coleções são limitadas. E é a própria Anynha quem projeta tudo. "Tenho pessoas que me ajudam a colar, chumbar e passar a resina, mas sou eu quem idealiza tudo", garante. Ela já criou até hoje cerca de 3600 modelos de miniaturas. "Esse é um universo infinito e eu sou apaixonada pelo que faço", desabafa a artesã.

Por Bianca de Souza (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: artesanato