Eco-artesanato brasileiro

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Ecoartesanato brasileiro  reutilizando material

Bonequinhas feitas com garrafinhas de refrigerante caçulinha. Foto/ Divulgação

O eco-artesanato nada mais é do que a reutilização de materiais que seriam descartados na natureza através da confecção de artesanato. A criação de peças decorativas e funcionais transformam o eco-artesanato brasileiro em uma fonte de renda, além de agregar ainda mais valor ambiental e social para as peças artesanais.

Quem conta para o Vila Craft sobre eco-artesanato é Wanda Fornazieri. artesã, professora de Artesanato e Oficineira da SUTACO (Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades). Wanda trabalha com artesanato em geral, mas nos últimos anos dedicou-se mais as bonecas de pano, feltro, E.V.A. e ao eco-artesanato. "As técnicas que mais utilizo são costura, recorte, colagem e pintura", afirmou.

O trabalho de Wanda colabora com o meio ambiente. "Penso que a partir do momento em que crio uma peça com base de algo que iria para o lixo, e ao invés disso, ela passará a decorar um ambiente, uma casa, o nosso planeta agradece", explicou.

Para vender suas peças, ela costuma expor em bazares, feiras e exposições de artesanato. A mais recente foi na Art Mundi 2012, em Santos. As pessoas que buscam o eco-artesanato normalmente tem consciência do valor das peças artesanais e do valor agregado em peças que reutilizam produtos que seriam descartados. "São pessoas que gostam, admiram e valorizam o bom artesanato, criativo e com perfeito acabamento, e possuem uma consciência ecológica, política e social do Brasil e do mundo", descreveu.

Para inspirar-se a confeccionar suas peças, ela garante que a criatividade surge a partir do material base e do tema escolhido. "Às vezes vem no primeiro olhar, ou da demanda, de rascunhos de idéias", lembrou. Porém, segundo Wanda, as peças mais procuradas sempre são as temáticas e as decorativas.

leia também


Por Catharina Apolinário

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente