Dicas para empreender vendendo artesanato

Dicas para empreender vendendo artesanato

Evelyn Fonseca. Foto: divulgação

Se você deseja ganhar dinheiro com artesanato empreendedorismo é a saída. Montar seu negócio, elaborar metas, criar ferramentas, motivar-se.

A artesã Evelyn Fonseca faz biscuits, ela tem um programa na TV onde ensina outras artesãs a fazerem peças do material. Há sete anos ela vive deste trabalho integralmente. Entre as suas ferramentas de marketing estão as redes sociais, blogs e uma loja onde comercializa seus produtos.

A artesã afirma que o espaço onde você vai vender seu material, a princípio, pode ser pequeno e que você não deve se endividar para montá-lo e lembra ainda que uma idéia já conhecida pode ser um recurso. "Ter sempre a mão um book de fotos de seus trabalhos evita que vc fique danificando suas peças sem necessidade ao transportá-las, mas é bom ter sempre prontas peças pequenas e com preço acessível, pois vendem ano inteiro", lembrou.

Muitas pessoas sabem fazer artesanato, mas não sabem como vender. "Gente talentosa desiste por falta de incentivo. Cursos, palestras, você pode encontrar através do Sebrae e de Ongs", afirmou. Evelyn afirma que as artesãs precisam agir como profissional. "Sua aparencia é importante.Ter cartões de visita com seu telefone, email e endereço site, blog ou endereço de redes sociais é fundamental", lembrou.

Explorar as redes sociais fazendo delas um mostruário é muito bom e parcerias são sempre bem vindas. "Procure ser prudente e faça tudo sempre de acordo com suas condições", indicou a artesã. Evelyn conta que a entrega dos produtos pode ser feita via correios ou transportadoras e você pode consultar o valor do frete pelo site dos Correios.

A artesã ainda indica que se crie um formulário padrão com as principais perguntas que você precisa saber para responder um orçamento: data de entrega, quantas peças, descrição da peça, local de entrega, CEP, etc.

Para cobrar o produto é possível fazer uso de algumas formas de pagamento como: depósito bancário, 50% do valor antes, e 50% depois da entrega, sob a condição do envio de cópia do comprovante de depósito e após a aprovação da peça pelo contratante através de foto enviada por email; ou através do site que tem a opção de compra por cartão de credito, e inclusive dá opção de parcelamento em até 18x com juros. "A venda de cartão no meu site é com a pagseguro e nunca tive problemas com a transação de compra com clientes", ressaltou.


Evelyn afirma que oferece as opções ao cliente e a maior parte deles prefere o depósito bancário, que ela também acredita ser mais prático. "Mas o cliente compra da forma que lhe for mais conveniente", indicou. "Porém, uma das coisas mais importantes que o artesão autônomo ou pequeno empresário deve ter é o comprometimento com a verdade, pontualidade na data de entrega, cumprir com sua palavra e ter agenda organizada. Nunca aceite uma encomenda de algo que você não sabe fazer.

Por Catharina Apolinário

Comente