Chapéu Panamá - artesanato com estilo

Chapéu Panamá  artesanato com estilo

Foto: Catharina Apolinário

O chapéu Panamá está na onda da moda deste Verão e pode ser uma opção para o carnaval com estilo. Homens e mulheres estão utilizando este chapéu que é leve, fresco e ao mesmo tempo traz curiosidades históricas. De vários tipos e tamanhos, o chapéu Panamá é feito artesanalmente através de trançados de palha. O chapéu fez sucesso na primeira Art Mundi de 2012.

Feito com "paja toquilla", ou seja, palha toquilha, o tradicional chapéu Panamá é na verdade uma produção dos índios do povo quitchoa descendentes Incas, do Equador. Edgar, descendente Inca, explica que hoje o processo está mais modernizado, mas que há muitos anos atrás, seu povo já utilizava esta palha para fazer chapéus e bonés variados. A família de Edgar também produz artesanato no Equador.

Ele lembra que o chapéu existe há mais de 500 anos entre os povos indígenas, mas foi popularizado há algum tempo com a visita do presidente norte-americano Theodore Roosevelt ao canal do Panamá. "A gente (pessoas) começou a chamar de chapéu Panamá por causa da visita do presidente dos estados Unidos, que ganhou lá um chapéu destes", lembrou.

Para o índio, o artigo tem sido muito buscado no Brasil por conta do calor. "O chapéu é fresco, não amassa, é leve, por isso as pessoas gostam", explicou. O chapéu tem diversas numerações.


Por Catharina Apolinário

Comente