Projeto resgata confecção das bonecas de pano

Projeto resgata confecção das bonecas de pano

Foto: divulgação

A cara do Nordeste, as bonecas de pano não saem de moda. Produzidas com sobras de tecido, são uma das mais representativas peças do artesanato do município de Pau dos Ferros, no Rio Grande do Norte, distante 400 km de Natal.

Agora, o brinquedo está de cara nova. As peças foram alvo de processo de inovação para reverter a queda nas vendas. Com a intervenção da área de Artesanato do Sebrae no Rio Grande do Norte, as bonecas deixaram de ser simples brinquedo para se tornarem cobiçados objetos de decoração de ambientes infantis.

As peças ganharam ar mais moderno e melhor acabamento, ao agregarem outras duas matérias-primas: madeira e vidro. O processo rendeu às artesãs valorização de mais de 80% no produto. "As bonecas ficaram muito mais bonitas. Chamam mais a atenção das pessoas", comemora a artesã Izabel Cristina Rêgo.

Com produção média de 300 peças mensais, as artesãs de Pau dos Ferros pretendem elevar a quantidade produzida e expandir a comercialização das bonecas de pano para diversas cidades do Brasil. Atualmente, o produto é enviado principalmente a lojas deNatal e municípios de São Paulo.

De acordo com a analista do escritório do Sebrae em Pau dos Ferros Lúcia Pereira, o novo conceito desenvolvido tem como um dos principais objetivos manter viva a tradição das bonecas de pano, que enfrentavam processo de desvalorização.


"Observamos que as bonecas estavam sem atrativo e precisávamos tomar uma medida para revitalizar a produção e manter a tradição. Agregamos valor sem perder as características e como resultado já notamos aumento nas vendas e na produção", relata.

Por Jessica Moraes

Comente